terça-feira, 9 de março de 2010

Quebrou...

Por: Carlos Eduardo Szépkúthy


Por hoje eu tinha prometido o post com minha narrativa da corrida, pois então vamos lá...

O carro não tinha mudado quase nada da última etapa do ano passado para o domingo dia 07 de março. Apenas alguns acertos de suspenção, a instalação de uma bomba de circulação de óleo no motor e uma mudança no visual...

Sábado, trabalhamos no carro quase nada durante o dia, tinha andando com ele na semana passada na rua e ele estava ótimo... No fim da tarde, saiu um sol e pensei, vou colocar ele lá fora para tirar umas fotos. Ao sair com ele, fui dar uma volta no quarteirão; O carro não ia, estava amarrado, ruim.

E começa a surra que tomamos no sábado; Já era por volta de 18h30, fizemos um acerto de carburação e vamos testar de novo... Melhorou, mas estava com o pé atras... até que ao parar na frente da oficina, desliguei o motor; Fui ligar novamente e apresentou sinal de bateria descarregada...


Meu pai é mecânico, intende um pouco de elétrica, mas não é eletricista... Fizemos algumas medições e ligamos para um amigo eletricista. Foi constatado que o alternador não carregava. Era 8 horas da noite de sábado antes da corrida, com o alternador do Puma sem funcionar não dava pra correr no domingo, e arrumar um alternador de fusca para trocar era meio complicado...

Depois de alguns contatos, eis que chega o amigo Cesar, eletricista com um alternador de Fusca nas mãos. Mesmo assim ele examinou o carro antes de trocar e tudo foi mais simples do que parecia, alguma coisa estava isolando o carvão do alternador e ele não carregava a bateria... Problema resolvido, fomos para casa por volta das 22 horas...

Chegamos bem cedo ao autódromo, mesma rotina de sempre, descarregar o carro, vestir macacão, preparar tudo, fazer vistoria e ir treinar...


Nos treinos o carro estava ótimo, começei devagar, freando nos 150 m para esquentar pneu e motor, na segunda volta já freiava nos 100m e o tempo baixou. O carro escapava de frente em curvas para a direita, mas mesmo assim estava ótimo. Continuei a abusar e passei a freiar nos 50m. O carro continuou aceitando... pensei nossa hoje vai... Abri a 4ª volta empolgado, freiei para entrar no S do Senna perto dos 40 m, nunca abusei tanto, e para minha surpresa, apesar do carro balançar bastante na freada, ele aceitou numa boa... Até chegar no Pinheirinho e ter problemas... Me arrastei até o box.

Se soltaram todos os 6 parafusos da tampa do carburador do lado esquerdo e a tampa ficou solta... O carro ficou pronto exatamente na hora que o box fechou para treinar, que pena... Mesmo assim tinha virado o meu melhor tempo até então 2m25s que me rendeu a 6ª posição na classificação.


Para a corrida como de Costume o grid é sorteado, coincidentemente, larguei em 6º, bem no meio...

Larguei bem, passei o Corcel do Lin, contornei o S do Senna e o Silvio fechou a porta na minha cara com o Passat, e na descida que foi brabo... Decemos emparelhados a reta oposta eu no meio, o Fusca AP do Leandro a minha esquerda e o Passar do Silvio a minha direita...


Na freada o Leandro com o Fusca ficou por detro e levou a melhor... Começou então minha briga com ele... Fiquei na cola dele o tempo todo, estava virando mais rápido que ele, mas não conseguia passar, ele estava se defendendo bem e em saidas de curva e retas o carro dele tinha muito mais torque...

Estava tirando a diferença na freada, e ele sabendo disso tambem estava freando lá dentro da curva. A freada do S do senna passou a ser o ponto mais crítico. Quase sempre travei a roda dianteira esquerda tentando forçar a ultrapassagem...

E a corrida se desenrrolou dessa forma, eu tentando de toda maneira passar ele que estava em 2º na geral... Cheguei a colocar o carro na frente na saida da curva do lago, depois de passar com as 4 rodas em cima da zebra, mas na subidinha do laranja ele me passou de novo...

Veio a 6ª volta onde entra o Safety Car para a neutralização e relargada, nesta volta o Puma já apresentou uma perda pequena de desempenho e eu já observava a fumaça que saia lá de tras. Na relargada, quando enfiei o pé, o carro não desenvolveu... Não crescia, fiquei e fui ultrapassado pelo Finoti com o Topolino e o Berg com a Porsche. Ainda briguei com o Berg pela posição e retomei ela na junção, mas na curva do sol logo em seguida o motor já tinha ido... não acelerava mais e a fumacera lá atras não parava...


Tentei me arrastar pela pista até o Box, mas quando chegou na Subida do café quase no topo o valente motorzinho terminou de quebrar... parei por ali mesmo e fiquei assistindo a corrida por mais 3 voltas... Que sensação ruim...

O que aconteceu no motor eu conto amanhã, já foi desmontado hoje na oficina...

E parabéns a todos que estiveram presente no grid, foi uma ótima corrida e um show muito bonito pro público presente!

Já coloquei no Youtube o vídeo feito de fora por Paulinho, nosso fotógrafo oficial! Mas como o youtube insiste em dizer que o site está em manutenção, amanhã faço mais um post com o Filme!

Ps.: Fotos do Rodrigo Ruiz (www.velocidadeonline.com.br)

9 comentários:

Orlando Belmonte Jr. disse...

Eduardo , Parabens voce mandou muito bem !!

Priscila disse...



Parebéns pela maravilhossa corrida.... Só quem estava lá pôde sentir toda essa emoção de perto: desde a briga pela ponta até a desilusão da quebra. Mas tudo isso são coisas que acontecem e fazem parte do aprendizado. Como já disseram anteriormente... "O recado foi dado." Os outros pilotos que se cuidem hehehehe.

Parabéns meu irmão, torço sempre muito por vc... e sempre conte comigo.

Bjo

Felipão disse...

e eu perdi so pq nao abri o email...

milhoes de desculpas, carlos...

e o carro tá lindo...

Rui Amaral Lemos Jr disse...

Sei bem como é ficar com o carro quebrado no meio da pista!!!! Na outra vc vai melhor.

Abs

Rui

Claudio Ceregatti disse...

Acontece, carro de corrida é assim mesmo, não tem jeito.
Vi tua prova do S, e tava difícil mesmo ultrapassar, foi um pega bem legal.
Na próxima, macacão mais justo e um pelinho mais rápido e vem pra ponta.
Grande abraço.

regi nat rock disse...

Domingo pra mim é ruim de acompanhar. E não é falta de vontade não.
O Cerega ainda me intimou no sábado,mas tem jeito não.
Um dia dá certo.
Tua barata tá linda.
Motor quebrar não é novidade.

Palace Garage V8 disse...

Carlos , Parabéns pela corrida o puma estava desenvolvendo muito e o toque que você dava no carro perfeito acelerou muito forte mesmo e deu cada vez mais vontade de ver a briga por posição que você fazia , infelizmente o motor veio a quebrar mais acontece no mês que vem estaremos lá e temos a certeza que a puma vai estar andando mais que domingo e que o 1ºlugar é seu .
Um Grande Abraço .

Hernani Catelan Marchioni

jean claude disse...

Puta sacanagem do motor dar prego... tanto esforço pra deixar redondinho, mas fica frio .
Sempre haverá uma outra oportunidade.
Aliás essa Puma está linda!!
Temos um GTS 78 para os fins de semana de sol, heheh.

Abraços

Francisco J.Pellegrino disse...

Belo trabalho Carlão, quebrar faz parte a gente fica com o saco cheio....mas carreras son carreras, já dizia o mestre.