quarta-feira, 4 de março de 2009

Carro Especial, Esse Desconhecido (01)

Por Pedro Eduardo Szépkúthy

Por vezes ouvimos dizer sobre carros "envenenados", "mexidos", "turbinados", "aspirados", "fuçados" e outras definições que agora não me ocorrem. Pois todas essas referências são sobre carros especiais, ou seja, carros que foram modificados para atender a uma ou mais solicitações específicas que seus proprietários almejam.

Não existe uma normalização sobre carros especiais, porque como o nome já diz, são especiais, fora do normal, cada um refeito de acordo com uma "receita" de seu dono ou preparados. Essas receitas são infinitas, não havendo limitações, podendo-se investir quantias muitas vezes maiores que o valor do próprio veículo na modificação desejada. São comuns situações como, por exemplo, um VW Gol de R$ 15.000,00 receber uma modificação de mais de R$ 20.000,00; Chega a ser um contra senso, mas gosto é gosto e como dizem, mais vale que o dinheiro no bolso.
Dentre as receitas conhecidas, a que mais se popularizou nos últimos anos é a montagem de turbo compressor, por esse dispositivo tem uma resposta de potencia imediata acessível.

Logiamente, como em qualquer outra receita de ganho de potência, o turbo compressor tambem pode atingir cifras elevadíssimas, porem é possível com um Kit "básico", alcançar-se desempenhos razoáveis a baixo custo.


O turbo compressor consiste em duas carcaças em dormato de caracol com uma hélice, ou rotor como são denominados, em cada uma delas, sendo uma o lado quente ou escapamento e a outra no lado frio, a entrada da admissão da mistura; Os dois lados são interligados por um eixo comum.
Iniciado o funcionamento do motor tambem tem início o fluxo de gases no sistema de escapamento, que passa a movimentar o rotor (ou hélice) no lado quente, proporcionando um movimento giratório que irá aumentar a velocidade das rotações a medida que o motor subir os giros e por sua vez aumentar o volume de saída no escapamento. Como o rotor do lado quente está acoplado ao rotor do lado frio por um eixo comum a dois, a mdia que o rotor quente aumenta sua rotação o rotor frio sera arrastado pelo rotor quente , ou seja, o motor sobre a rotação, empurra os gases no rotor quente , e por sua vez arrasta o rotor frio. Agora temos uma situação que demonstra o funcionamento do turbo compressor.

Turbo - Lado quente, Compressor - Lado frio, girando a medida que o motor expele o volume de gases queimados.

Essa relação provova um aumento de arno sistema de admissão, ou seja, mo motor que antes aspirava a mistura (chupava), agora passa a receber uma carga extra de ar, empurrado para dentro do cilindro pelo compressor (lado frio). Logicamente é necessário alterar o balanço estequiométrico (quantidade de combustível) para o novo volume de ar admitido, mas uma vez que o volume de mistura aumenta no mesmo espaço da câmara de combustão, a consequense quemia e expansão dos gases irá ocorrer de modo mais intenso, gerando mais potência, que é o que todo preparador procura quando muda as características de um motor.

Um Kit de turbo compressor consegue, com relativa facilidade, duplicar a potência de um motor original aspirado. Há casos de modificações mais extensas em que se conseguem potências absurdas, tais como um motor VW AP 2000 com aproximadamente 600HP. Em todo caso deve-se considerar que toda modificação no sentido de aumentar o ganho de potência acarreta um aumento significativo de consumo (aumenta os cavalos, aumenta a comida) e tambem se acentua o desgaste do conjunto mecânico.

Como disse anteriormente, o turbo compressor é uma proposta de ganho de potência em que o custo benefício é razoavel, mas não é a única. Existem outras maneiras de se conseguir aumento no desempenho, seja com mudanças internas num motor aspirado, seja com kit de oxido nitroso ou a combinação dos três sistemas, assunto que trataremos em uma próxima ocasião.

Um comentário:

bob disse...

Parabéns pelo trabalho,isto prova que vocês são apaixonados pelo que fazem, e que sabe fazer bem feito.A sua maior qualidade além de ótimo profissional é ser Honesto,Pedrão tenho orgulho de ser seu amigo. abraços